Siga as Redes Sociais

Vai Encarar?

Com milhares de mortes pela Covid-19, Fábio Abreu foi o único deputado do PI a votar contra o adiamento das eleições

Redação Encarando

Publicado

em

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20, que adia as eleições municipais deste ano devido à pandemia causada pelo novo coronavírus. O placar de votação da PEC no segundo turno foi de 407 votos a 70. No primeiro turno, foram 402 votos favoráveis e 90 contrários.

No Piauí, todos os deputados federais votaram a favor da mudança na data do pleito eleitoral, menos o deputado Fábio Abreu, que justificou a ação afirmando que essa foi uma orientação do seu partido, o PL. Além disso, o parlamentar afirmou um mês não “não irá fazer diferença em relação à pandemia”. Lembrando que o deputado é um dos pré-candidatos a prefeito em Teresina.

No Piauí, a Covid-19 já matou 697 pessoas, e no Brasil 60.632 perderam a vida em decorrência da doença, segundo divulgado pelos órgãos oficiais de saúde. Fica o questionamento, será mesmo que um mês não irá fazer a diferença? No caso do Piauí, apesar de pesquisas recentes apresentarem uma queda no índice de transmissibilidade do vírus, a situação ainda é preocupante, sem contar, que em vários estados do país, onde houve um afrouxamento das medidas de isolamento, posteriormente, foi necessário uma regressão.

Torcemos para que até a nova data, estejamos em uma situação verdadeiramente mais confortável. Mas, nesse momento, o que importa de verdade é salvar vidas.

A PEC

Oriunda do Senado, a PEC determina que os dois turnos eleitorais, inicialmente previstos para os dias 4 e 25 de outubro, serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro. Por meio de uma emenda de redação, deputados definiram que caberá ao Congresso decidir sobre o adiamento das eleições por um período ainda maior nas cidades com muitos casos da doença.

Além de adiar as eleições, a PEC, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estabelece novas datas para outras etapas do processo eleitoral de 2020, como registro de candidaturas e início da propaganda eleitoral gratuita. Apenas a data da posse dos eleitos permanece a mesma, em 1º de janeiro de 2021.

Veja quadro com novas datas:

Vai Encarar?

PT vai ser enganado pelo Progressistas no Piauí

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Pré-candidatos à Prefeitura de Valença Carmelina do Ó (PTB) e Marcelo Costa (PP).

Em Valença a corrida pela Prefeitura Municipal anda a todo vapor. Chegou ao Portal Encarando uma série de informações referentes a uma negociação política realizada entre a diretora do hospital da cidade, Lucília Marreiros, e o grupo político do PT, que apoia a pré-candidatura de Carmelina do Ó (PTB). O caso é mais um reflexo do rompimento político entre o senador Ciro Nogueira (PP) com o governador Wellington Dias (PT).

Segundo informações, com a saída do senador da base do governo, o quadro de servidores do Hospital de Valença, passaria por uma reformulação, já que os ocupantes dos cargos da unidade, teriam sido indicações de pessoas ligadas ao outro pré-candidato a prefeito na cidade, Marcelo Costa, que é do Progressistas.

Com isso, a diretora do hospital, que é prima do deputado federal Merlong Solano, se reuniu com o parlamentar, onde pediu para que os servidores fossem mantidos em suas respectivas locações, em troca, daria seu apoio político à candidatura de Carmelina do Ó, e também à pré-candidata a vereadora, Geane Vieira (PT), que é prima do presidente do PT na cidade, Getúlio Gomes. Lucília Marreiros, inclusive, teria reafirmado sua posição ao próprio presidente municipal do partido, e garantiu que cerca de 192 funcionários do hospital, votariam em ambas as candidatas.

No entanto, o grupo que compõe o PTB, acredita que a negociação serviu apenas para ‘camuflar’ as verdadeiras intenções da gestora, já que, segundo eles, ao assumir o compromisso, Lucília Marreiros não aceitou registrar o momento, fazendo com que houvesse desconfiança por parte de apoiadores da pré-candidata Carmelina.

Continue Lendo

Vai Encarar?

Coincidência? Rejane Dias realizaria live com Tabata Amaral sobre recursos do Fundeb hoje

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Estava marcada para acontecer na tarde desta segunda-feira (27), uma live com as deputadas federais Rejane Dias (PT) e Tabata Amaral (PDT/SP), para falar sobre recursos do Fundeb.

Entretanto, após operação da Polícia Federal na casa e no gabinete de Rejane Dias, sobre um esquema de corrupção e desvio de recursos públicos, referente aos anos em que a parlamentar geriu a Secretaria de Educação do Piauí, a publicação foi deletada das redes sociais e, até então, nenhum comunicado sobre o cancelamento da live foi realizado oficialmente.

Agora, os internautas lamentam a não realização do ao vivo, pois dizem que este seria o momento oportuno para questionar à deputada sobre a Operação na qual ela é alvo. Principalmente por tratar sobre educação.

Continue Lendo

Vai Encarar?

Força Tarefa leva a ‘fama’, mas quem encontrou os suspeitos de matarem o soldado Lídio foi a equipe do 13º BPM de Teresina

Redação Encarando

Publicado

em

O Portal Encarando recebeu uma denúncia informando que os suspeitos de terem assassinado o soldado Lídio foram encontrados através de um trabalho desenvolvido pelos policiais do 13º Batalhão da Polícia Militar, mas no momento da ação policial, que culminou na morte dos dois suspeitos, que levou a ‘fama’, foi a equipe da Força Tarefa, da Secretária de Segurança do Piauí.

Segundo a denúncia, as equipes do 13º Batalhão realizaram todo o trabalho de busca e localizaram os suspeitos. A informação sigilosa foi repassada para o comando da inteligência da Polícia Militar, por volta das 6h30 da última sexta-feira (24), que determinou que a equipe do 13º BPM aguardasse. Próximo das 12h, a Força Tarefa chegou no esconderijo e deflagrou a operação, deixando a equipe de do 13º bpm fora da ação.

Entenda o caso

Um homem identificado apenas como ‘Pedim’, apontado como um dos autores do latrocínio (roubo seguido de morte), do soldado da Polícia Militar, Lídio Roberto de Sousa Mesquita, foi morto após confronto com a polícia. A ação ocorreu no bairro Monte Castelo, zona Sul de Teresina, nesta sexta-feira (24). 

Segundo informações iniciais, os dois autores do crime foram cercados pelos policiais e reagiram à ação. Ambos foram baleados e encaminhados para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). 

“Pedim”, não resistiu ao ferimento e acabou vindo a óbito. O segundo homem, identificado como Lucas, foi abordado no bairro Monte Verde, zona Norte de Teresina. Ele foi socorrido e encaminhado para a unidade de saúde, mas também acabou não resistindo e morreu momentos depois.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat