Siga as Redes Sociais

Esporte

Às vésperas do UFC Rio, José Aldo evita ‘assunto’ McGregor: “Não falo sobre m***”

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Ex-campeão do peso-pena, José Aldo – depois de enfrentar Alexander Volkanovski, neste sábado (11), no UFC Rio 10, na Arena da Barra -, terá de cumprir apenas mais uma luta restante em seu contrato com o Ultimate. Questionado se o assunto Conor McGregor era página virada ou ainda pensava em reencontrar o algoz no octógono para não encerrar sua trajetória sem nova oportunidade de enfrentar o irlandês, o brasileiro não quis falar sobre o rival, que o destronou do topo da categoria em 2015, ao nocauteá-lo em 13 segundos.

– Cara, vou falar bem a verdade. Uma coisa que pensei durante toda a semana é que, se perguntassem sobre isso, é que não falo sobre merdas. Ele (McGregor) é uma merda, então não falo sobre ele – declarou.

Embalado por duas vitórias consecutivas – nocauteou Jeremy Stephens e Renato Moicano -, José Aldo pode se aproximar de uma disputa de título caso supere Volkanovski. Apesar de deixar o futuro em aberto, ele manifestou, diversas vezes, o desejo de se aposentar após o encerramento do vínculo com a organização. Um pensamento é definitivo: ele garante que não irá estender sua carreira como fizeram Anderson Silva, Rodrigo Minotauro e Vitor Belfort, por exemplo.

– Tenho que vencer no sábado, primeiramente, respeitar meu adversário. Tenho várias hipóteses na cabeça. No Ultimate vai ser sempre em busca do título. Foi assim no WEC, no Ultimate, não tem como fugir disso. (…) Eu procuro tomar de espelho os campeões. Vi o St-Pierre parando no auge, sempre foi meu sonho no Ultimate ser campeão e parar. Tudo pode mudar. Primeiramente temos que focar no próximo objetivo, vencer e aí ver se farei uma disputa de cinturão ou fazer superlutas. Uma coisa é certa: não me vejo lutando por muitos anos, como outros atletas. Estou me programando para isso.

José Aldo acredita que levar uma vida extravagante fora do octógono faz com quem muitos atletas precisem alongar suas trajetórias.

– Aquele que acha que, quando está no auge e ganha milhões, vai durar para sempre e gasta da mesma maneira, vai ter que esticar a carreira, passar por várias coisas ruins, porque não se programaram. Eu, desde que entrei no Ultimate, me programei para chegar aos 30 anos com a vida feita, a carreira tranquila, para dar uma vida melhor à família. Se hoje quero parar, é porque minha estabilidade financeira está boa, graças a Deus. Fiz tudo programado e chegou a hora. Nenhum atleta luta em alto rendimento a vida toda. Tem campeões que são diferentes, eu me coloco nesse bolo, sim, mas chega um momento que você não tem a mesma explosão física, não raciocina da mesma maneira, não tem o mesmo vigor de antes. Então, começa a passar certos sufocos que não precisa, começa a sujar a carreira. Eu nunca quis isso. Quero que todo mundo veja o Aldo como campeão e não como alguém que tem que lutar até os 40… A produção começa a cair, você passa por certas coisas que não acho boas para a minha carreira.

Confira outros trechos:

Treinamento

O treino foi basicamente o mesmo. Sempre procuro estar evoluindo, sim. Nessa posso estar com mais velocidades, explosão, do que as outras. É luta de três rounds, você pode dar mais porque sabe que acaba mais rápido.

Volkanovski vai tremer?

É um cara que vem pra cima o tempo todo, procura a luta, joga a direita por cima, é um ponto forte dele, mas também pode ser um ponto fraco. A gente pode fazer algo em cima disso. Treinei bastante, acredito na minha estratégia, que eu sei que vai dar certo. Qualquer atleta sente a pressão da torcida brasileira, não tem como não tremer. A gente fica relaxado quanto a isso, porque a torcida vai ser grande, o carinho dos fãs. Vão botar uma pressão que ele nunca viu.

Altos e baixos recentes

Na minha cabeça sempre me vi como campeão, desde que entrei no esporte. Perder faz parte, sabia que poderia acontecer um dia. Faz parte. Procurei aprender com os erros, na derrota, o que me torna um lutador… não vou falar melhor, mas para não errar mais. Tirei como lição.

Anderson Silva

São duas carreiras brilhantes, nós dois merecemos respeito e tudo, mas posso ter me programado muito melhor do que o Anderson (em termos de aposentadoria). Ele teve o auge, teve tudo na mão dele. Hoje era para estar administrando, assim como o Georges (St-Pierre) e outros campeões fizeram.

Conversa com Anderson sobre aposentadoria?

A primeira pessoa que converso é o Dedé. Foi ele que me trouxe até aqui, me fez ser o campeão, que me faz ser a pessoa que sou hoje. Não tem como chegar e falar com o Anderson. Muitas coisas que ele faz eu não acho certas, não estou criticando, mas procuro ouvir da pessoa que me trouxe até aqui, que quer meu bem e sabe como sou. É difícil chegar para o Anderson, mesmo sendo meu amigo e tudo, porque tem certas coisas que eu não faria.

José Aldo x Anderson Silva: carreiras

A carreira, lado a lado… A dele representa muito. Foi uma inspiração para eu chegar ao topo e me manter por muito tempo. Eu o via como alvo para ultrapassar as barreiras. A carreira dele é brilhante. Faltou só uma oportunidade de lutar no peso de cima, porque acho que seria campeão. Eu o via campeão de duas categorias muito antes disso que vem acontecendo hoje, que é normal (ter dois cinturões).

Medo de sair do card devido à infecção

Fiquei com bastante medo, sim. Foi um sério problema. De início não achei que seria tão grave, mas fiquei achando que não ia lutar. Falava com o Dedé que não conseguia tocar o joelho no chão, mesmo depois de sair do hospital, então achava que não teria tempo hábil para treinar e chegar bem na luta. Os médicos falaram que era normal, que ficaria 100%. Depois que consegui colocar o joelho no chão, sem problema nenhum, vi que estava dentro da luta de novo.

Serviço do UFC 237

Na próxima sexta-feira, dia 10, a pesagem oficial terá transmissão ao vivo do Combate.com às 9h (de Brasília), com a aferição do peso de cada lutador e as confirmações dos confrontos. Mais tarde, às 17h30, começa a transmissão da pesagem oficial, com as encaradas, com transmissão do Combate, SporTV e Combate.com.

No sábado, dia 11, o UFC 237 terá início às 19h15, mas a transmissão do Combate começa às 18h15. O SporTV e Combate.com acompanham ao vivo as duas primeiras lutas, e o Combate.com cobre todo o evento em Tempo Real.

UFC 237
11 de maio de 2019, no Rio de Janeiro
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-palha: Rose Namajunas x Jéssica Bate-Estaca
Peso-médio: Jared Cannonier x Anderson Silva
Peso-pena: José Aldo x Alexander Volkanovski
Peso-meio-médio: Thiago Pitbull x Laureano Staropoli
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Carlos Diego Ferreira
Peso-meio-pesado: Rogério Minotouro x Ryan Spann

CARD PRELIMINAR (18h15, horário de Brasília):
Peso-leve: Thiago Moisés x Kurt Holobaugh
Peso-galo: Irene Aldana x Bethe Correia
Peso-leve: BJ Penn x Clay Guida
Peso-mosca: Luana Dread x Priscila Pedrita
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Sérgio Moraes
Peso-galo: Raoni Barcelos x Carlos Huachin
Peso-galo: Talita Bernardo x Melissa Gatto

Fonte: Combate

Esporte

PSG anuncia renovação de contrato de Neymar até 2025

Avatar

Publicado

em

Chegou ao fim neste sábado (8/5) pela manhã as especulações que Neymar deixaria o Paris Saint-Germain ao final da temporada. Em paz, clube e jogador prorrogaram o contrato até 2025 e aposta é que o brasileiro vai conseguir fazer o time conquistar a tão sonhada Liga dos Campeões após ficar no ‘quase’ nas duas últimas edições.

“Neymar 2025” foi o post do PSG anunciando um final feliz nas negociações pela renovação de contrato. Após o vice na Liga dos Campeões passada e a eliminação na semifinal há três dias, o clube tratou de mostrar que a culpa não foi do astro brasileiro, bastante criticado pela imprensa francesa, e negociou para evitar assédio dos gigantes da Europa no jogador.

O clube usou um vídeo com imagens de Neymar vibrando com a camisa do PSG e ainda o mostrou com uma camisa com o número 2025 às costas. Na França desde 2017, o brasileiro tinha vínculo até junho de 2022.

Aos 29 anos, Neymar terá mais três oportunidades para tentar fazer o sonho do PSG de conquistar a Europa se concretizar. A promessa do clube é de trazer reforços de peso para ajudá-lo nessa missão.

Com a assinatura da extensão do contrato, Neymar vai ganhar em torno de € 30 milhões (aproximadamente R$ 19 milhões) por temporada. Cada minuto de trabalho do brasileiro custará quase R$ 395,00.

Apesar da queda na Liga dos Campeões, o PSG ainda disputa dois títulos na atual temporada. Trava batalha com o Lille pelo Campeonato Francês e está na semifinal da Copa da França, na qual encara o Montpellier. A expectativa é na conquista das duas taças.

Fonte: Metrópoles

Continue Lendo

Esporte

Federação de Futebol do Piauí proíbe acusado de agredir jornalista de entrar em estádios

Avatar

Publicado

em

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) decidiu suspender permanentemente a entrada do acusado, de ter agredido jornalista Emanuelle Madeira, em estádios durante quaisquer jogos promovidos pela entidade e pela CBF.

O fato ocorreu na noite dessa última quarta-feira (05) no Estádio Municipal Felipe Raulino – Felipão, na cidade de Altos. O acusado foi identificado como João Paulo dos Anjos Abreu, e vestia o uniforme do Altos durante o crime. A jornalista foi agredida no momento em que filmava uma briga. Ela teve o celular arrancado à força pelo homem, que a agrediu no braço e chegou a agarrar seu pescoço.

Conforme a nota da FFP, o acusado foi autorizado a entrar no estádio por estar relacionado no staff do clube, exercendo a função de auxiliar de Centro de Pesquisa e Análise (CPA). “Após apuração do caso baixou uma resolução suspendendo permanentemente a entrada de João Paulo dos Anjos Abreu nas praças esportivas em dias de quaisquer jogos promovidos pela entidade e pela CBF, mesmo que o seu nome apareça relacionado na pré-escala do clube”, disse trecho da nota.

Confira a nota na íntegra!

Diante dos fatos ocorridos nesta quarta-feira (5) no Estádio Municipal Felipe Raulino – Felipão, na cidade de Altos, logo após o jogo entre Altos e Fluminense, válido pela 9ª rodada da Série A do Campeonato Piauiense de Futebol, a Federação de Futebol do Piauí vem a público prestar alguns esclarecimentos.A FFP informa que identificou a pessoa que usava o uniforme da Associação Atlética de Altos e agrediu a repórter Emanuele Madeira, do Globo Esporte (GE.com), da TV Rádio Clube, afiliada da Rede Globo no Piauí, enquanto a profissional exercia o seu trabalho: João Paulo dos Anjos Abreu, mais conhecido como Joãozinho. A FFP esclarece que João Paulo foi autorizado a entrar no estádio por estar relacionado no staff do clube, exercendo a função de auxiliar de Centro de Pesquisa e Análise (CPA). A FFP informa que após apuração do caso baixou uma resolução suspendendo permanentemente a entrada de João Paulo dos Anjos Abreu nas praças esportivas em dias de quaisquer jogos promovidos pela entidade e pela CBF, mesmo que o seu nome apareça relacionado na pré-escala do clube. A FFP esclarece que a proibição irá perdurar enquanto houver restrições de acesso de torcedores aos estádios, em virtude da pandemia.A mentora comunica, ainda, que já encaminhou ao Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) o relatório do delegado da partida, bem como a súmula do jogo, ficando a cargo do órgão analise dos fatos, bem como as medidas e possíveis sanções a serem adotadas. A FFP repudia com veemência a atitude de João Paulo e manifesta sua solidariedade à jornalista Emanuele Madeira, que tem exercido a profissão com o estrito senso profissional que caracteriza a prática saudável do jornalismo. Rechaçamos todo e qualquer tipo de violência contra as mulheres e não compartilhamos do pensamento de pessoas que ainda não compreenderam que lugar de mulher é onde ela quiser.

Continue Lendo

Esporte

CBF e FFP fazem doação de ambulância para Hospital da Polícia Militar do Piauí

Avatar

Publicado

em

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação de Futebol do Piauí (FFP) entregaram nesta quinta-feira (06) uma ambulância do programa Craques da Saúde para o Hospital Dirceu Arcoverde da Polícia Militar do Piauí durante cerimônia no pátio do Comando Geral da PM-PI, em Teresina.

A solenidade contou com a presença do Presidente da FFP, Robert Brown, que representou também a CBF. A ambulância foi recebida pelo o diretor geral do HPM-PI, Tenente Coronel Marcos Rogério, e pelo comandante geral da PM-PI, Coronel Lindomar Castilho.

“Estamos hoje fazendo a entrega da ambulância do projeto Craques da Saúde e gostaríamos de agradecer ao nosso presidente Rogério Caboclo pela oportunidade. Temos a certeza de que essa ambulância contribuirá para salvar mais vidas no Piauí”, disse o presidente da FFP, Robert Brown.

O Hospital da PM foi escolhido para receber a doação por ter sido um dos que mais recuperaram pacientes da Covid-19 entre os hospitais do Sistema Único de Saúde no Piauí. A ambulância modelo Fiat Fiorino Greencar foi adquirida através de recursos oriundos da Confederação Brasileira de Futebol em parceria com a Federação de Futebol do Piauí.

O Craques da Saúde é um projeto da CBF em parceria com as federações estaduais de futebol que contribuiu com a doação de 27 ambulâncias para hospitais de todo o país. Em cada estado brasileiro, a unidade do Sistema Único de Saúde (SUS) que mais recuperou pacientes da Covid-19 recebeu a ambulância. As doações foram celebradas em jogos do Brasileirão Assaí 2020.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat