Siga as Redes Sociais

Piauí

HUT controla superlotação e bate recorde em número de atendimentos e cirurgias

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Com 4.883 atendimentos e 1.254 cirurgias, somente no mês de julho deste ano, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), gerido pela Fundação Municipal de Saúde, bate novo recorde. Sendo os maiores do ano de 2019, esses números representam um aumento de 8,8% e 11%, respectivamente, se comparado à média de atendimento do primeiro semestre de 2019. Clara Leal, diretora geral do HUT, explica que, mesmo com o aumento no número de atendimentos, o Hospital conseguiu manter a rotina, não alterando os índices utilizados para medir o nível de lotação.

“Desde o início da implantação do Projeto Lean nas Emergências, o HUT está sendo monitorado diariamente pelos seus gestores. Para isso, realizamos todos os dias, duas vezes ao dia, o Daily Huddle. Essa ferramenta reúne os líderes do hospital para discutirem as pendências e traçarem estratégias. Assim, conseguimos manter o HUT sempre aberto para entrada de novos pacientes sem comprometer a assistência por conta de superlotação”, explicou Clara Leal.

Outro aumento bastante significativo neste mês de julho foi o número de atendimento de vítimas de traumas em geral, que compreendem os acidentes de trânsito, com 921 atendimentos; agressão física, com 240, e quedas com 541. Esses registros foram os maiores do ano, se comparado à média de atendimento do primeiro semestre de 2019, que foram de 815, 232 e 503, respectivamente.

Dentre os atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito realizados no mês de julho estão 810 vítimas de acidentes com motocicleta, 30 vítimas de acidentes de carro, 70 vítimas de atropelamento e 11 vítimas de outros veículos. Com relação às agressões físicas, o HUT registrou 129 atendimentos de vítimas de arma branca, 70 de arma de fogo, 36 de espancamento e cinco de outros meios.

O motivo queda também chama bastante atenção, pois, de acordo com Clara Leal, é sempre um número bastante expressivo que pode deixar, principalmente, os idosos em estado grave. “O motivo queda do mesmo nível representa bem esse fato. Para se ter uma ideia dos 356 atendimentos de vítimas de queda do mesmo nível que realizamos no mês de julho 108 foram idosos, acima de 60 anos, ou seja, 30% do total de atendimentos. É um percentual significativo se levarmos em consideração que a maioria desses casos é bastante grave”, relatou a diretora.

Para medir seu nível de lotação, o HUT utiliza um indicador chamado de NEDOCS (sigla em inglês para Escala de Superlotação do Departamento Nacional de Emergência). Ele mensura quesitos como tempo de passagem de pacientes pelas urgências, permanência no hospital, número de pacientes em ventilação mecânica, tempo de alta, entre outros. Um mês após o início da implantação do Projeto Lean nas Emergências, a equipe do HUT observou uma melhora desse indicador em quase 50%.

“O NEDOCS monitora o número de pacientes que entram no Pronto Atendimento, a permanência deles e quantos estão em Ventilação Mecânica. Quando iniciamos esse monitoramento no Pronto Atendimento, o NEDOCS era de 275 pontos, hoje estamos com 198 pontos. Por conta disso, conseguimos baixar o tempo de atendimento dos pacientes que dão entrada no Pronto Atendimento de 24 para 8 horas. Esse atendimento compreende desde a avaliação pela equipe de Acolhimento com Classificação de Risco até a definição de conduta pela equipe médica. A meta agora é diminuir para seis horas”, ressaltou Clara Leal.

Fonte: Semcom/PMT

Piauí

Estudantes do Piauí estão na lista das 53 redações nota 1000 do Enem

Confira o cronograma com as datas de inscrições nos programas!

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

As notas individuais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foram divulgadas nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e, estudantes de todo o Brasil já correram para verificarem suas pontuações. Em Teresina, as estudantes Letícia Islávia e Vitoria Costa conquistaram a nota máxima na redação e comemoraram o feito.

Letícia Islávia publicou em suas redes sociais: “felicidade que não cabe em mim, saber que todo esforço toda tentativa, todas as horas, todas as lágrimas valeram a pena”.

Este ano, apenas 53 estudantes atingiram nota máxima na redação do Enem, que teve como tema “A Democratização do Acesso ao Cinema no Brasil”.

Segundo o Inep, a maioria dos autores dos textos nota 1000, foram mulheres, um total de 32. Já no ranking nacional, quem lidera é o estado de Minas Gerais, com 13 redações notas máxima.

As notas estão disponíveis na Página do Participante e no aplicativo do Enem. É preciso fazer o login com o CPF e a senha cadastrada. Quem esqueceu a senha, pode recuperá-la pelo próprio sistema.

Agora os estudantes terão acesso apenas à nota que obtiveram na redação. O espelho da prova, que contém detalhes da correção dos textos, será divulgado em março, 60 dias após a divulgação do resultado individual. As notam não cabem recurso.

Os chamados treineiros, aqueles que fizeram o exame apenas para testar os conhecimentos, terão que esperar mais um pouco, as notas desses participantes serão divulgadas também em março. Esses candidatos não poderão usar o Enem para concorrer a vagas no ensino superior pelos programas federais.

Datas Sisu e ProUni

Os estudantes poderão usar suas notas para se inscreverem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou ProUni ou Fies. Confira os calendários:

Cronograma do Sisu 2020:

  • Abertura das inscrições: 21 de janeiro
  • Fim das inscrições: 23h59 de 24 de janeiro
  • Resultado: 28 de janeiro

Cronograma do Prouni 2020:

  • Início das inscrições: 28 de janeiro
  • Fim das inscrições: 31 de janeiro (às 23h59)
  • Primeira chamada: 4 de fevereiro
  • Entrega dos documentos para garantir a matrícula: 4 a 11 de fevereiro
  • Segunda chamada: 18 de fevereiro
  • Entrega dos documentos para garantir a matrícula: 18 a 28 de fevereiro
  • Adesão à lista de espera: 6 a 9 de março

Cronograma do Fies 2020:

  • Inscrições: 5 a 12 de fevereiro
  • Pré-seleção: 26 de fevereiro
  • Chamada da lista de espera: 26 de fevereiro a 31 de março
Continue Lendo

Teresina

Teresina tem baixo risco de infestação pelo Aedes aegypti, aponta levantamento

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação

Teresina registra baixo risco de infestação pelo mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. É o que indica o primeiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2020, divulgado nesta sexta-feira (17), pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). Segundo a pesquisa, o Índice de Infestação Predial (IIP) – a relação entre o número de imóveis positivos para o mosquito pelo total pesquisado – da capital foi de 0,7%.

A pesquisa, feita entre os dias 08 e 14 de janeiro, foi realizada em todos os bairros da capital, que foram divididos em 32 estratos. Durante o LIRAa, que é feito quatro vezes ao ano, os agentes de endemias da FMS percorrem os imóveis em busca de focos do mosquito em potenciais criadouros. São enviados os índices de focos por meio da identificação tanto de larvas, como da forma adulta do inseto. Os dados obtidos servirão como base para o desenvolvimento de estratégias de combate ao Aedes aegypti e trabalhos educativos voltados à prevenção da dengue, zika e chikungunya.

“Este resultado de 0,4% é fruto do trabalho de rotina dos agentes de endemias e das ações de intensificação que são realizadas durante todo o ano, como a Faxina nos Bairros”, comenta Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses da FMS. A Faxina acontece todos os sábados em dois bairros de diferentes zonas da cidade. Neste sábado (18) será a vez dos bairros Samapi e Alto Alegre, zonas Leste e Norte respectivamente.

Na Faxina nos Bairros, os moradores dos locais são orientados pelos agentes de saúde a fazer uma limpeza dentro de suas casas e depositar o lixo na calçada no sábado, quando ele será recolhido pelas equipes da SDU. “Pedimos especial atenção para o lixo que não é recolhido pela limpeza regular, como eletrodomésticos e móveis de grande porte”, diz a gerente. Ainda no sábado, a equipe da FMS faz uma caminhada educativa, orientando a população sobre medidas preventivas de combate à dengue, zika e chikungunya e os males trazidos por estas doenças. As equipes se reúnem em um ponto de encontro a partir das 8h da manhã e de lá iniciam o percurso.

No Samapi, o ponto de encontro será na Capela Nossa Senhora das Graças, e será percorrido o quadrante formado pelas ruas José Torquato Viana, rua Apolo XI e Avenida Maria Antonieta Burlamaqui. Já no Alto Alegre, o ponto de encontro será no CMEI Anita Ferraz, com percurso no quadrante formado pelas ruas Castelo do Piauí, Amarante, Pescador Raimundo Salvino, Sapucaia e João Isidoro França.

“É bom ressaltar que o período chuvoso está iniciando e que a oferta de potenciais criadouros deve ser reduzida, ou seja, as pessoas devem ser vigilantes nos seus ambientes residenciais, de trabalho, de lazer e religiosos, e com isso retirar todo e qualquer depósito que possa acumular água e se transformar num criadouro. A responsabilidade é de todos”, alerta Oriana Bezerra.

Fonte: Semcom/PMT

Continue Lendo

Municípios

PI: Corpo de idoso, desaparecido há três dias, é encontrado boiando em açude

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Nesta sexta-feira (17) o corpo de um idoso identificado como Arão Gomes da Silva, de 72 anos, foi encontrado por populares boiando dentro de um açude na cidade de Água Branca-PI.

Arão, estava sendo procurado pela família desde a última quarta-feira (17), quando havia saído de casa. A polícia foi acionada e, as primeiras informações são de que o idoso, que é pescador, tenha ficado preso em uma rede de pesca e se afogado.

O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e realizou a remoção do corpo, que passará por um exame cadavérico. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat