Siga as Redes Sociais

Piauí

Dinheiro desviado de dois contratos da Seduc seria suficiente para adquirir 200 ônibus escolares, diz PF

Publicado

em

Durante entrevista coletiva, a Polícia Federal (PF) deu detalhes da ‘Operação Satélites’, deflagrada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (25). E de acordo com a PF a ação tem como alvo servidores públicos, gestores e empresários envolvidos em um esquema criminoso de desvio de recursos do transporte escolar.

Segundo as investigações, somente para os contratos celebrados no pregão 01/2015 e no pregão eletrônico número 22/2017, ambos da Seduc, foi estimado um desvio de mais de R$ 50 milhões. Valor que seria suficiente para adquirir, no mínimo, 200 ônibus escolares nos padrões do Ministério da Educação.

“As investigações apontaram que servidores públicos nomeados, a partir de 2015, para cargos comissionados com alto poder de decisão na secretaria de Educação do estado do Piauí, receberam vantagens indevidas, como casas, carros, apartamentos e valores em espécie, de empresários contratados pela própria secretaria para prestação de serviço do transporte escolar. Os valores utilizados para o pagamento das vantagens indevidas, tiveram origem no superfaturamento do serviço de transporte escolar, que decorre dos preços praticados nos contratos, muito acima dos preços de mercado. E isso ajudava para que só prosperassem nos processos licitatórios, as empresas que participavam da organização criminosa. Empresas idôneas que apresentavam preços mais vantajosos para a administração pública, foram deliberadamente excluídas do processo, só restando ao final dos contatos as empresas que participam do conluio”, explicou Albert Paulo Sérvio de Moura, delegado regional de combate ao crime organizado (DRCOR-PI) .

O delegado ainda explicou que os bens obtidos a partir dos crimes de licitação e corrupção eram ocultados pelos servidores. “O objetivo era de ocultar esses bens, obtidos a partir de crimes de licitação e corrupção. Eles eram registrados em nomes de terceiros, familiares ou próximos. Em contrapartida, esses mesmos servidores, praticaram atos de ofício, com propósito de direcionar os processos licitatórios da Seduc em benefício de empresas que integram a organização criminosa, inicialmente investigada na Operação Topique”.

Cerca de 80 Policiais Federais e 10 auditores da CGU deram cumprimento a 19 mandados de busca e apreensão, sendo 18 em Teresina e um em Luís Correia, expedidos pela 3ª Vara da Seção Judiciária Federal em Teresina. 

“As buscas aconteceram em endereços residenciais e de trabalho dos investigados.Inclusive os órgão públicos que foram alvos da operação de hoje, são os locais de trabalho atuais das pessoas envolvidas no esquema”, disse o delegado.

A PF ainda informou que foram bloqueados cerca de R$ 10 milhões dos investigados. Entretanto não divulgou uma lista com nomes. Ainda segundo o órgão, participam do esquema criminoso cerca de 15 empresas de locação de veículos.

Piauí

Teresina não registra óbitos por Covid-19 nas últimas 24h

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta terça-feira (27), que em apenas 24h, 562 casos foram confirmados e seis mortes, causadas pela Covid-19, foram registradas no Piauí. Ainda conforme a Sesapi, 156 infectados estão na UTI.

Quatro homens e duas mulheres foram vítimas da Covid-19. Elas eram de Brasileira (82 anos) e Monsenhor Hipólito (74 anos). Já os homens eram de Campo Maior (85 anos), Matias Olímpio (86 anos), Picos (41 anos) e Sebastião Leal (69 anos).

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 350 ocupados, sendo 184 leitos clínicos, 156 UTIs e 10 em leitos de estabilização. As altas acumulada somam 21.516 até o dia 27 de julho de 2021.

Continue Lendo

Vacinação

Drive-thru de vacina é estendido até sexta (30) em Teresina

Publicado

em


A Fundação Municipal de Saúde (FMS) estendeu até a sexta-feira (30/07) o drive-thru para aplicação da 2ª dose da vacina contra a covid-19 em Teresina.

Nesta quarta-feira (28), a imunização segue com a vacina Astrazeneca. Na quinta-feira (29/07) terá drive thru de segunda dose da vacina Coronavac para quem tem especificado na carteira de vacinação até 01/08 e na sexta-feira (30/07)o drive thru é da vacina Astrazeneca para quem tem a segunda dose até 02/08. A FMS explica que para a vacinação em drive thru não precisa fazer agendamento.

A coordenadora da campanha de vacinação, Emanuelle Dias, orienta as pessoas que deixaram de se vacinar com a segunda dose da Astrazeneca, na data especificada na carteira de vacinação, e que já passou da data, que essas pessoas devem ir a um dos pontos de drive thru nesta quarta-feira (28) para receber a segunda dose.

Veja locais de drive thru esta semana:


Quarta-feira (28) – Astrazeneca – Segunda dose até 28/07

  • Terminal Bela Vista
  • Terminal Parque Piauí
  • Terminal Buenos Aires
  • CEU Norte – Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte) – Santa Maria da Codipi
  • Terminal Itararé
  • Terminal Livramento
  • ADUFPI
  • Terminal Zoobotânico

Quinta (29) – Coronavac – Segunda dose até 01/08

  • Terminal Bela Vista
  • Terminal Buenos Aires
  • Terminal Itararé
  • Adufpi
  • Terminal Zoobotânico
  • CEU Norte – Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte) – Santa Maria da Codipi

Sexta (30) – Astrazeneca – Segunda dose até dia 02/08

  • Terminal Bela Vista
  • Terminal Buenos Aires
  • Terminal Livramento
  • Adufpi
  • Terminal Zoobotânico
  • CEU Norte – Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte) – Santa Maria da Codipi

A coordenadora da campanha de vacinação, Emanuelle Dias, informa sobre a documentação que deve ser apresentada é documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS, comprovante de endereço no município de Teresina e o cartão de vacina para comprovar a primeira dose com a data do agendamento dessa segunda dose.

Continue Lendo

Piauí

Pastora morre com Covid-19 após parto prematuro em Teresina

Publicado

em

A pastora de 35 anos, identificada como Carla Íris Ramos, morreu em decorrência de complicações causadas pela Covid-19 após parto prematuro na Maternidade Evangelina Rosa, em Teresina. A vítima faleceu na noite desse domingo (25).

Conforme informações preliminares, a pastora provavelmente foi infectada em Petrolina, no interior de Pernambuco, onde estava na casa de familiares. Ela chegou a ser internada no hospital de São Raimundo Nonato, mas devido à gravidade ela foi transferida para Evangelina Rosa.

A vítima estava com 31 semanas quando a gravidez foi interrompida. O bebê está bem e já teve alta. A pastora apresentou uma melhora mas depois foi internada novamente, e acabou não resistindo.

Continue Lendo
Casas Duplex

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat