Siga as Redes Sociais

Polícia

Explosivista de quadrilha presa pelo Greco estuprou três mulheres em 72h em Teresina

O homem, considerado estuprador em série, ainda é acusado de estuprar uma mulher na cidade de Pio IX, uma no Maranhão e outra no Tocantins.

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Foto: Divulgação/Polícia

E.L.S, identificado apenas como Edvan, um dos seis integrantes da quadrilha presa, presa pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), nesse domingo (05) é apontado pela polícia como autor de pelo menos quatro estupros no estado do Piauí, um na cidade de Araguaina-TO e um em Santa Inês-MA.

De acordo com a polícia, em 72h na cidade de Teresina, Edvan estuprou três mulheres. Na quinta-feira (2), a vítima foi uma mulher que mora no bairro Redenção e no domingo (5), mãe e filha foram alvos do criminoso, no bairro Esplanada. Houve aimda, a confirmação de um quarto caso na cidade de Pio IX.

Após ser preso pela polícia, o acusado confessou os crimes e detalhou a forma como agia.

Suspeito havia furtado uma motocicleta para cometer os crimes — Foto: Divulgação/Polícia

“Ele afirmou que tinha um padrão na escolha das vítimas. Ele as observava, em alguma situação e, em seguida planejava o ato. O Edvan, entrava na casa das vítimas, na maioria das vezes, pulando muros. Ele a princípio, avisava que se tratava de um assalto, mas as intenções dele era cometer o estupro. Depois de recolher objetos pessoais, ele amarrava as vítimas e praticava atos libidinosos, em seguida, consumia o ato carnal. Tudo era feito na frente de companheiros ou familiares. Ele ainda costumava gravar os crime”, informou o delegado Tales Gomes, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (06).

Além dos objetos pessoais encontrados com o preso, as próprias vítimas o reconheceram o criminoso. A polícia acredita que mais mulheres possam ter sido vítimas de Edvan.

Explosão a caixas eletrônicos

A prisão da quadrilha foi realizada no bairro Catarina, na zona Sul de Teresina, em uma residência alugada, onde os suspeitos estavam hospedados. No interrogatório, os presos afirmaram que estavam se preparando para realizar explosões em caixas eletrônicos, o foco eram agências bancárias no interior do Piauí.

“O Edvan era o explosivista do grupo, que monta o equipamento para explosão dos caixas eletrônicos. Após serem presos, eles informaram que o foco de suas ações criminosas, seriam agências no interior do Piauí. Antes de chegar ao estado, eles já haviam praticado um assalto à agência da cidade de Pindaré, no Maranhão. Com eles, encontramos a quantia de R$ 144 mil. O dinheiro estava marcado por tinta de segurança dos caixas eletrônicos”, continuou o delegado.

Parte do material apreendido com a quadrilha — Foto: Divulgação/Polícia

Com criminosos também foram apreendidos explosivos, um revólver com cinco munições intactas e um simulacro de arma de fogo.

A polícia investiga ainda a participação de mais integrantes da quadrilha.

“Acreditamos que hajam mais envolvidos, especialmente aqui do estado, que possa ter dado apoio técnico e local. As investigações continuarão em andamento”, concluiu o delegado.

Identidade dos presos:

1- J.P.S.C – Cuiabá/MT
2- L.A.L.S – Paraupébas/ PA
3 – L.P.O – Buriticupu/MA
4- J.B.L – Rio Preto/SP
5 – E.L.S – Petrolina/PE
6 – P.L.S.C – Morada Nova/CE

Polícia

Homem é preso com explosivo e droga na zona Sul de Teresina

Laurivânia Fernandes

Publicado

em

Um homem identificado como Antônio  Stenyo da Silva Pitombeira, foi preso na manhã desta sexta-feira (29) pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). A ação ocorreu no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina, durante cumprimento de um mandado de busca e apreensão, realizado após denúncias

De acordo com a polícia, na residência foram encontrados um artefato explosivo, usado em crimes contra caixas eletrônicos, e maconha.

“Quando chegamos ao local encontramos o artefato explosivo já montado, pronto para ser instalado em caixas eletrônicos, já que é usado principalmente para essa modalidade de crime e uma porção de maconha”, disse o delegado Tales Gomes, coordenador do Greco.

O preso foi encaminhado para a dsede do Greco, onde foi autuado pelo crime de posse ilegal para artefato explosivo e posse de droga para uso pessoal.

O delegado ainda informou que o homem responde a três processos por roubo na cidade de União-PI, onde morava.

A Coordenadoria de Operações Especiais da Polícia Civil, também participou da ação.

Continue Lendo

Polícia

Acusado de fornecer armas para bandidos é preso em flagrante com drogas na zona sudeste de Teresina

Avatar

Publicado

em

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Prevenção e Repressão aos Entorpecentes, prendeu nesta quinta-feira (28), um homem identificado apenas pelas iniciais como E.V.B. na região do Recanto dos Pássaros, zona sudeste de Teresina.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão ocorreu após cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do suspeito. A investigação foi iniciada após denúncias anônimas realizadas no aplicativo Depre/DH, onde foi relatado que E.V.B estaria emprestando armas para prática de crimes, vindo também a participar dos delitos, como roubos.

A polícia apreendeu na casa do suspeito cocaína, balança de precisão, materiais utilizados para o tráfico de drogas, uma chave de veículo, dinheiro e colete balístico. A procedência do colete balístico está sendo investigada, assim como a origem e a quem pertence a chave do veículo que se encontrava no poder do suspeito.

Continue Lendo

Polícia

Acusados de furtarem veículos que eram vendidos nas redes sociais são presos em Teresina

Avatar

Publicado

em

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Polícia Interestadual – POLINTER, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (28), a Operação Duplicidade, visando desarticular uma organização criminosa voltada para os crimes de furtos e estelionatos envolvendo veículos na capital. Três pessoas identificadas pelas iniciais C. da S.A, F.M de S. e J.W.G., foram presas em Teresina.

De acordo com a Polícia Civil, a ação criminosa fez dezenas de vítimas em Teresina. Os criminosos entravam em contato com pessoas que tinham anunciados veículos em aplicativos e em redes sociais, marcavam um encontro e pediam para realizar uma volta e checar as condições do veículo, mas sem a presença dos proprietários, oportunidade em que o subtraíam. Em outras situações, durante distração do vendedor do veículo durante a negociação, os criminosos subtraiam o mesmo. Os criminosos chegaram a fazer mais de uma vítima em um mesmo dia.

Durante as investigações, a polícia identificou três criminosos envolvidos nos crimes. Além disso, foram recuperados alguns veículos subtraídos pela organização criminosa e restituídos às vítimas.

Continue Lendo
Acqua Blu

Trending

Copyright © 2018 Encarando - Silas Freire. Todos os Direitos Reservados.
WhatsApp: 86. 98183-1178 / Fixo: 3234-9879
Email: encarando.com@gmail.com

WhatsApp chat